terça-feira, 7 de outubro de 2014

Que falta de educação...


Eu não sou professora, mas acho que já é brincar demais com professores, com pais e com alunos. Mas não vejo acção nenhuma por parte dos professores...

Os advogados, quando o Sócrates tentou mudar as férias judiciais, juntaram-se conseguiram que não fosse alterado.
Quando se metem com os médicos, surgem logo greves e já não operam e não dão consultas de especialidade e só há serviços mínimos.

Com os professores, fazem "gato e sapato" e há umas manifestações...

E que tal os professores unirem-se e fecharem as escolas todas até o Ministério da Educação resolver esta trapalhada em vez de se tentar esgueirar com um simples pedido de desculpa?
E depois, em peso: pais, alunos e professores virem ao Ministério pedir satisfações?
Este Governo anda a brincar com um dos pilares mais importantes da sociedade que é a educação...

Os professores têm que se unir e acabar, de vez com esta palhaçada de abertura deste ano lectivo e com injustiças como «a professora amputada dos dois pés que faz 40 km para trabalhar» ou com professores que parecem caracóis sempre com a casa às costas...

E onde estão os sindicatos para lutar pelos direitos dos professores maltratados?
E os outros professores que concordam que é injusto, mas encolhem os ombros?
E as Associações de Pais também têm que se mexer e mobilizar os outros pais porque isto não pode continuar assim...

É preciso fazer algo, mas algo visível e que faça tremer o rabinho dos "meninos" que se sentam no Parlamento e que supostamente teriam que trabalhar para nós, cidadãos e para a melhoria do país...
Sim, nós elegemos o Governo e os deputados para eles governarem o país com justiça e com rectidão e não para andarem a degladiar-se por poleiros...

Mas nós, como povo de "brandos costumes", em vez de nos insurgirmos e lutarmos pelo que achamos que é o correcto, baixamos a cabeça. E não tem nada a ver com as cores que estão no Governo porque nisso são todos iguais...

O povo é que tem que se mexer e mostrar que o Governo e a Oposição não estão a fazer o trabalho deles. Quem manda é o povo e somos nós que votamos e elegemos e temos o direito e o dever de mudar as coisas se elas não estiverem bem, senão, não vale a pena haver eleições, nem democracia, nem governos, nem deputados...

Sem comentários: